terça-feira, 28 de outubro de 2008

A lei da vida

Segunda, eu cheguei em casa desesperada com os meus problemas, preocupada com o mundo a minha volta. Almocei correndo e fui dormir um pouco para ver se esquecia, no meio do meu cochilo só haviam pesadelos, resolvi continuar a batalha diária, levantei coloquei uma roupa que amenizava o calor e fui usar a impressora, para piorar, ela estava sem tinta. Olhei daquele jeito que iria destruir qualquer um que entrasse na minha frente. De repente, minha mãe acorda e se dirige até mim, calmamente e com os olhos de conforto diz: "A Bisa faleceu". Sem reação, eu era um ser totalmente forte e com as respostas sempre na ponta da língua, dessa vez, tudo sumiu. E meua problemas já nem eram meus, meu stress deveria ter ido para algum lugar bem distânte. Ela continua: "93 anos, já estava começando a sofrer, foi melhor assim". Pálida, eu pergunto: "E nós, não vamos a São Paulo". Com um ar confuso, minha mãe explica que o enterro já estava acontecendo, a notícia demorou para chegar até nós e agora já não adiantava mais. Meio inconformada, eu apenas coloco as mãos na cabeça e ainda ouço: "Devemos estar com as pessoas quando elas estão vivas, agora já não importa". Então eu me informo sobre os outros familiares, pego o meu material, despeço-me da minha mãe. Olho firme para longe e digo: "Preciso ir, já estou atrasada". E a minha vida continua, só que agora todas as outras coisas que atormentavam o meu dia não tinham mais nenhum significado. A noite, orei por ela e pelos outros. Estava bem. Hoje de manhã, peguei uma mensagem na caixinha da escola que dizia: "Lembre-se: há sempre alguém com problemas maiores que os seus".
Agora sinto SAUDADES, esse é só mais um espaço que estará vago no meu coração, esse vazio me assusta. Porém, já estou mais acostumada, aprendi que há certas coisas na vida que são inevitávei. Só não aceito o NUNCA MAIS, ainda tenho esperanças de reencontrar muita gente que se foi.
E deixo aqui a minha grande admiração por alguém que não foi menos do que guerreira!
Com muito amor e dedicação, amo você.

2 comentários: