terça-feira, 22 de julho de 2008

In love?

Apaixonada? Talvez eu nunca tenha deixado de estar... As vezes pela vida, as vezes por mim mesma, pela minha família, pelos meus amigos e por que não por alguém em específico? Tá bom vai, eu sei que sou um mistério, até para mim mesma, não entendo nada que se passa dentro do meu coração. Apenas vivo com tanta intensidade que me esqueço da razão, ou será que amar é a própria razão?
"Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...E ter paciência para que a vida faça o resto..."

Um comentário:

G. Mantelli disse...

Obrigado pelas respostas, foram de grande valor.